LuggNham – Pão de queijo

Fofo por dentro, dourado e tostado por fora, o pão de queijo foi criado nas cozinhas mineiras e, não por acaso, conquistou o mundo. O sabor original e a possibilidade de combinação com outros vários alimentos trazem flexibilidade ao pãozinho, que também é perfeito com um cafézinho preto.

Mas transformar ingredientes simples, como polvilho, ovo e queijo, na legítima iguaria requer experiência e muita prática, segundo alguns especialistas. 

Continue a leitura a seguir e saiba um pouco mais da história do pão de queijo e como preparar a guloseima típica mineira!

Como surgiu o pão de queijo?

A receita foi criada por volta de 1750, quando fazendas de Minas Gerais iniciaram a produção de leite e derivados. Era utilizada a sobra do queijo, chamada de grosa, que era resultado da “limpeza” do produto para ter uma aparência arredondada. Também era habitual usar aquele que ficava mais duro, efeito da ação de fungos.

No começo, o aperitivo era produzido para ocasiões especiais, quando se recebia visitas aos finais de semana. 

Para produzir o pão de queijo é recomendável usar o queijo mineiro, cru e artesanal, justamente aquele que quando assa, o cheiro invade a casa. Já o polvilho tem que ter granulação média e precisa ser novo, porque a farinha perde a capacidade de fermentação.

Não menos importante,  a técnica de escaldo – que é acrescentar líquido quente junto a mistura — varia conforme a qualidade do polvilho, umidade do queijo e tamanho dos ovos. Por último, é necessário sovar corretamente a massa para eliminar todos os grumos e oferecer maciez para a iguaria.

Como preparar um tradicional pão de queijo mineiro?

Ingredientes

  • 500g de polvilho azedo
  • 5 ovos
  • 30g de manteiga
  • 500g de polvilho doce
  • 150ml de óleo
  • 150ml de leite
  • 150ml de água
  • 20g de sal
  • 400g de queijo minas curado

Esquente todos os líquidos em uma panela e reserve. Misture os dois tipos de polvilho. Acrescente na mistura de polvilho o líquido quente para escaldar e fazer uma massa uniforme. Logo em seguida, adicione o queijo à massa. 

Para finalizar, faça pequenas bolinhas e asse a massa a 190º a 200° por mais ou menos 23 minutos.

Com essas dicas e principalmente, com muita prática, você conseguirá fazer um pão de queijo tão saboroso quanto o tradicional mineiro.

Gostou do conteúdo? Veja também LUGGNHAM – FEIJÃO TROPEIRO

 

Curtiu o conteúdo?

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe seu comentário!

Iniciar chat
Fale conosco pelo whatsapp!
Olá!
Como podemos te ajudar hoje?